Como transferir o carro pelo aplicativo: um projeto que se tornou realidade

Com certeza, o processo de transferência de um veículo era muito burocrático e até demorado, por isso, hoje, viemos te trazer uma novidade: um projeto de lei que saiu do papel e agora, você pode fazer o trâmite através de um aplicativo. A princípio, vai funcionar para veículos com documentação emitida a partir de 4 de janeiro de 2021.

Se o seu carro tem a documentação posterior a data acima, não será preciso se dirigir a um órgão público ou cartório para sacramentar o documento de transferência. De fato, uma novidade que vai facilitar a vida, então, se você precisa transferir um veículo, utilize o app.

Confira: como fazer para ganhar os R$ 500 via aplicativo da Nubank? Confira agora

O nome do documento que você vai emitir de forma virtual é: autorização para Transferência de Propriedade do Veículo (ATPV-e). Primeiro, o app que você precisa baixar faz parte da Carteira Digital de Trânsito, com ele, você vai assinar digitalmente. Você não leu errado, a assinatura é digital, então, assine no conforto da sua casa, o que achou da novidade?

Como transferir o carro pelo aplicativo: um projeto que se tornou realidade
Como transferir o carro pelo aplicativo: um projeto que se tornou realidade / Créditos de imagem pixabay

Quer saber mais sobre essa nova medida? Então, fique atento ao nosso conteúdo, pois, vamos falar tudo o que você precisa saber para realizar a transferência do seu veículo. Aproveite a facilidade desse aplicativo, evite locomoção desnecessária, filas e tempo perdido. Veja a seguir, as dicas, com base em informações do Detran.

Conhece o aplicativo de transferência veicular? Ele já está disponível, conheça!

A saber, a nova medida faz parte da Resolução Federal 809/2020, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Se quiser utilizar o serviço, ele se encontra disponível no aplicativo do Poupatempo Digital, então, você já pode baixá-lo. De acordo com o Detran, o app é de simples utilização, intuitivo, portanto, você não terá dificuldade.

Agora, saiba como funciona a transação entre vendedor e comprador no aplicativo. Primeiro, o vendedor vai baixar e acessar o aplicativo CDT. Será necessário inserir o CPF do comprador e depois, assinar de forma digital. Após a assinatura, o comprador vai receber uma notificação e este deve seguir o mesmo processo.

Leia também: como fazer a minha declaração do imposto de renda pelo aplicativo? Confira 5 apps que vão te ajudar

Para realizar o processo, é necessário que o vendedor e o comprador tenham um acesso qualificado no gov.br, ou seja, um login. Além disso, o veículo que está sendo vendido, deve estar aderido ao novo sistema, onde a transferência é autorizada de forma digital.

Conforme o presidente do Serpro, Gileno Barreto, “A venda de veículos entre pessoas físicas poderá ser feita de forma 100% virtual. Tudo com muita praticidade e segurança ao cidadão, que pode assinar a autorização pelo aplicativo por meio da conta gov.br.”. Essa medida visa tornar a transferência mais rápida, então, vale a pena usar o aplicativo.

Siga o passo a passo e solicite já o ATPV-e no app

  • Baixe o aplicativo do Poupatempo Digital;
  • Após baixar a plataforma, cadastre o carro na plataforma informando o número da placa e do Renavam;
  • Para solicitar a TPV- e clique em “Serviços”;
  • Após isso, clique em “Veículos”;
  • Em seguida, em “Registro de Transferência”;
  • Agora, toque no menu “Transferência de Veículo” e escolha a opção ATPV-e, assim selecione o veículo a transferir;
  • Preencha os campos com informações sobre o veículo;
  • Depois, com informações do vendedor;
  • Por fim, insira os dados do comprador.
Como transferir o carro pelo aplicativo: um projeto que se tornou realidade
Como transferir o carro pelo aplicativo: um projeto que se tornou realidade / Créditos de imagem pixabay

De fato, é bem simples e rápido fazer a solicitação, então, aproveite o passo a passo e faça seu pedido através do app do Poupatempo. O processo que demoraria semanas se o usuário dependesse de cartório, agora resolve-se em pouco tempo! A seguir veja como fica a documentação de automóveis pré 2021.

Os documentos solicitados antes de 2021, estão valendo?

Conforme o Contran, a forma digital do DUT (Documento de Transferência), vai ter a mesma validade que o documento assinado presencialmente. Segundo o órgão: “todos os CRVs (documento de propriedade do veículo) expedidos em papel-moeda continuam válidos e deverão ser mantidos para utilização em uma futura transferência de propriedade”. 

Por fim, se o seu documento foi emitido antes de 2021, infelizmente, você não vai conseguir fugir das filas e de toda a burocracia. Nesse caso, a transferência continua sendo presencial, então, será necessário ir ao cartório e seguir todo o protocolo. Gostou da matéria? Então, fique atento aos nossos conteúdos!

Confira: melhores aplicativos para quem gosta de fazer trilha, veja os detalhes

Melhores aplicativos para quem gosta de fazer trilha: veja os detalhes
Melhores aplicativos para quem gosta de fazer trilha: veja os detalhes / Créditos de imagem unsplash

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2022 GETFINTEC - Theme by WPEnjoy · Powered by WordPress